Audi 80/Avant (B4)

desde 1991-1995 lançamento

Reparo e operação do carro



Audi 80/Avant
+ Especificação técnica
+ Motores
+ Sistema de produção dos gases cumpridos
+ Esfriamento de sistema
- Tanque de combustível e bomba de combustível
   Tanque de combustível
   Sensor de nível de combustível
   Acumulador de combustível
   Linha de fornecimento de combustível
   Bomba de combustível
   Substituição do filtro de combustível
+ Filtro de ar e canais airintaking
+ Sistema de injeção
+ União
+ Transmissão e transmissão
+ Suporte de forma triangular de interrupção e direção
+ Sistema de freios
+ Antibloqueio de sistema de freios
+ Rodas e pneumáticos
+ Sistema elétrico de corpo
+ Sistema de ignição
+ Iluminação
+ Dispositivos sinalizadores
+ Dispositivos e dispositivos auxiliares
+ Aquecer-se e ventilação
+ Elementos de corpo
+ Pesquisa de maus funcionamentos
+ Especificações
a5ceabcb


Tanque de combustível

O tanque de combustível do carro de Audi 80 é tecnicamente bastante perfeito, mas também melhorou-se para modelos de tração nas quatro rodas. A forma irregular do tanque de combustível ajuda a realizar um tanque de alta capacidade sem preconceito do volume de um compartimento de bagagem. No meio do tanque de combustível vê a bomba de combustível e o sensor do indicador do montante do combustível. À direita acima de um tubo de ramo de volume com toda a ventilação e mangueiras de volume.


Nicho de roda direito posterior com a aba retirada

1 – junte o tubo de ramo;
2 – válvula de correnteza;

3 — o tanque de combustível;
4 — um largo tanque.

O tanque de combustível nos modelos de Audi 80 de roda dianteira tem o volume aproximadamente 66 l, em versões de tração nas quatro rodas contém pelo menos 64 l. Para conseguir uma superfície plana do fundo de um compartimento de bagagem com uma possibilidade do carregamento do salão, o tanque de combustível instala-se em um carro severo abaixo do fundo de folha de um compartimento de bagagem. O tanque faz-se do plástico – o material que permite oportunidades quase ilimitadas dando uma forma. Estas oportunidades usaram-se para toda centena de por cento. Por exemplo, o tanque de combustível de modelos de tração nas quatro rodas ocupa praticamente todos os espaços livres abaixo do fundo de corpo que se torna para realizar o volume possivelmente maior. Por isso, a forma deste detalhe do carro parece bastante estranha. Para que durante uma viagem também as partes do tanque de combustível localizado abaixo se esvaziassem a recepção hábil aplicou-se: nesta área mais baixa há uma bomba, no motor de trabalho que constantemente bombeia sobre o combustível nas partes do tanque de combustível localizado em cima. E ocorre bastante simplesmente: o combustível restituível de uma linha de fornecimento de combustível de dreno apanha o combustível adicional em um alojamento de bomba e transfere-o para cima.

Uma mais recepção aplicou-se para enfrentar câmeras de vário volume no tanque de combustível: a mangueira que conduz diretamente à área da absorção portanto se enche em primeiro lugar une-se a um tubo de ramo de volume. É importante, por exemplo, em caso de que uma pouca quantidade do combustível de uma lata de sobra se acrescenta.

 Insinuação: antes de começar a trabalhar com um sistema de fornecimento de combustível, seguramente tem de desconectar o fio de base da bateria recarregável. Os circuitos curtos elétricos inadvertidos podem servir da razão de iskroobrazovaniye perigoso.

Já que que ventilação do tanque de combustível é necessária?

  • A ventilação do tanque de combustível é importante para a provisão ininterrupta do combustível: na mesma quantidade na qual o combustível se passa pelo ar tem de vir a um tanque, de outra maneira no tanque de combustível a pressão abaixada forma-se, e a entrada do combustível parará.
  • É necessário ventilar o tanque de combustível para dar aos seus conteúdos a possibilidade à expansão aquecendo-se.
  • Durante o recheio é necessário que o ar possa sair um tanque porque diferentemente o combustível vazado aumentará a um tubo de ramo de volume novamente e começará a sair.

Ventilação do tanque de combustível no carro de Audi 80

  • Diretamente atrás de um tubo de ramo de volume o oleoduto de ventilação do tanque de combustível une-se. O canal de ventilação conduz no início na assim chamada válvula da correnteza. Os fins últimos o oleoduto logo que o carro se curve à parte mais do que em 45 °. Assim o rombo do combustível via a ventilação de canais em acidentes previne-se. Depois de passar da válvula aérea as condutas de oleoduto de ventilação, contudo, não ao mesmo tempo do lado de fora, e termina em um tanque com o carbono absorvente no nicho de roda avançado direito. A sua nomeação – para pegar os vapores de combustível que passam por este oleoduto (que surgiu, por exemplo, em consequência de um aquecimento de conteúdos do tanque de combustível). No motor de trabalho estes gases no momento de certo carregamento do motor esgotam-se de um tanque com o carbono absorvente novamente. Quando tem de ocorrer, define a válvula eletromagnética feita funcionar dependendo do carregamento.
  • Na paralela a este sistema a válvula aérea abre-se enchendo o largo tanque do tanque de combustível localizado no canal de volume (no direito atrás nicho de roda) na forma da capacidade separada. Assim, nos vapores de combustível de nível de combustível crescentes pode forçar-se lá fora em vez de para eles a desaparecer na atmosfera.
  • Durante o movimento neste caminho o ar externo dependendo do montante gasto do combustível assim em uma depressão de tanque não se forma chega.